Fraudes com Cartões - Como evitá-las!

Risco & Recompensa , 16/10/2017

O Brasil tem grande relevância no cenário mundial de cartões de crédito e débito, pois ocupa a 3ª posição em volume de plásticos.

Dessa maneira, as mais avançadas tecnologias da indústria de meios de pagamentos já estão implantadas ou em processo de teste pelas grandes marcas aqui instaladas tanto como Bandeiras, Adquirentes e fornecedores de tecnologias.

As perdas foram reduzidas de forma importante com o advento do CHIP e migraram para as transações de internet e para processos mais rudimentares que se utilizam da boa-fé dos portadores.  Dentre as transações de internei existem aquelas que acontecem por profissionais, onde  as ações são feitas de máquina para máquina, conhecidas como  “força bruta” ou QSL – Quebra de Sequência Lógica, mas nesta modalidade a intervenção/proteção ocorre via ferramentas de prevenção dos Emissores.

Dessa maneira, aqui vão algumas dicas para evitar que as pessoas sejam engadas:

  • Transações de internet
    • Conheçam o site onde irão fazer as transações, pesquisem sobre os mesmos antes de preencher com suas informações
    • De preferência a sites seguros que fazem verificações para identificar os reais portadores;
    • Muito cuidado com site maliciosos que capturam informações pessoais, engenharia social, etc.
  • Caso receba ligações
    • Nunca passe os códigos de segurança do seu cartão
    • Nunca entregue seu cartão a ninguém, nenhuma Emissor/Banco solicita que um cartão seja retirado do portador.... Existe uma modalidade de fraude onde os fraudadores possuem “motoboy” que vão buscar os cartões na residência dos portadores…a partir daí utilizam o chi8p em outro plástico e passam a fazer fraudes
    • No caso de ligações reais dos Emissores, apenas tem o propósito de saber se é o real possuidor do cartão e isto é feito com perguntas
  • Nos Estabelecimentos Comerciais
    • Mantenha o cartão sempre à vista quando da realização das transações de forma a evitar que as informações do seu cartão sejam copiadas e fraudes posteriores possam ser produzidas em transações de cartão não presente


Links